22 outubro 2008

A Raiz de REJEÇÃO - Joyce Meyer




Muitas pessoas no mundo de hoje estão tentando provar seu valor por subir a escada do sucesso. Elas parecem pensar que se apenas conseguirem uma promoção no trabalho, uma casa maior, o carro do ano, se puderem participar dos círculos sociais corretos, então, finalmente, terão valor e ganharão aceitação. Como é triste ver pessoas envolvidas em perseguir tais práticas inúteis sem nunca perceberem que a única coisa que realmente precisam é do amor de Jesus Cristo.

O próprio Jesus não desfrutou aceitação ou aprovação dos homens quando esteve na Terra. Ele foi desprezado e rejeitado pelos homens! Jesus enfrentou todas essas coisas e muito mais para que pudesse nos libertar da rejeição. Em minha busca pessoal por libertação da raiz de rejeição, vim perceber que toda rejeição que Jesus enfrentou durante Sua vida na Terra e em Sua agonizante morte na cruz foi em nosso benefício. Jesus não tinha problemas. Ele era um homem sem pecado. Ele não tinha de enfrentar aquela rejeição por Sua própria causa.

Nós é que tínhamos problemas! Assim, Ele, voluntariamente, desejou vir e tomar nossos problemas, nossas feridas, nossas dores e até nossas rejeições, e levá-las sobre Si mesmo.

Mas a rejeição não é apenas algo que o diabo usa para atacar os cristãos. Milhões de pessoas de todas as partes do mundo sofrem a dor da rejeição. E um segmento surpreendentemente grande da nossa sociedade tem experimentado, vez ou outra, esse sofrimento.

Há muitas causas de rejeição: abuso (incluindo abuso físico, verbal, sexual e emocional), conflitos no lar, adoção, abandono, infidelidade no casamento, divórcio, rejeição de colegas, etc. E isso traz muitas conseqüências. Neste livro, exploraremos tanto as causas quanto as conseqüências da rejeição, à medida que examinamos o que a Bíblia diz sobre vencer a rejeição por meio da obra consumada de Cristo na cruz. Creio que muitos serão livres.

Um comentário:

vinicius disse...

tava demorando essa seção...huahuahuahua..
viva o penso no livro..eeeeeeee..
fui-me!!!

Veja Também